segunda-feira, novembro 19, 2007

Depois de Horas



Post na madrugada, conseqüente sono até quase meio dia, algumas horas a menos dedicadas à monografia. Deixa estar. Scorsese fez aniversário dia desses, e taí alguém que entende da noite. A referência obrigatória é Taxi Driver, mas gosto muito também de outros filmes muito noturnos do diretor.

Depois de Horas
um incrível pesadelo que, claro, não acaba. Algo parecido, em versão diurna, fez Paul Thomas Anderson em Embriagado de Amor. New York, New York é todo sobre os bastidores das vidas complicadas do showbusiness, e tudo desemboca numa noite fria, a música do título começa discretamente, em direção ao arrebatamento total. The show must go on.

Em tempo: meus Scorsese preferidos são Touro Indomável e A Última Tentação de Cristo.

2 comentários:

Leonardo disse...

Sao muito boas, mas Scorsese tem tanto!!!!!!!!!!Aqui mi blog: as vezes eu escrevo sobre filmes e realizadores. Está en español. Saludos!

Leonardo disse...

http://guaral-guaral.blogspot.com/