terça-feira, agosto 19, 2008

Porque amamos Truffaut

Caralho, tem uns dois anos que não via esse curta de Truffaut, Les Mistons. O troço não tem 20 minutos, mas desce amargo como fel, mesmo que tenha essa cara doce de história de infância, em que garotos se apaixonam por mulher mais velha. Truffaut era romântico, mas um romântico completamente cético. O amor pode ser lindo, mas morde, e a ferida é feia.



Um comentário:

Couto disse...

Cara, eu li teu comentário no blog do luiz carlos merten perguntando sobre um bate-papo do fellini e do bergman e acho que ele se encontra nos extras do 8 1/2.
Na realidade é apenas uma passagem dos repórteres entrevistando os dois...
Não sei se é isso que tu procura, espero ter ajudado.
Abraço!